Dicas

Analista de Licitação: Entenda o que é e quais são as suas funções

Voltar | Por Redação Compras BR 28/7/2021

Você já ouviu falar na carreira de Analista de Licitação? Para vender ao governo é preciso concorrer com outras empresas em um processo chamado licitação.

O Analista de licitação é, basicamente, o elo de ligação entre as empresas e o governo ao longo desse processo de concorrência.

Neste artigo, você vai entender melhor o que é um Analista de Licitação, quais suas funções e a sua importância para as empresas que participam ou desejam participar dos processos de licitações.

O que faz o Analista de Licitação?

O Analista de Licitações tem algumas funções. Ele é o profissional encarregado de fazer a pesquisa e a análise de editais abertos pelo governo para a licitação de bens, produtos ou serviços. Mas, mais do que isso, os analistas de licitação também são responsáveis pela montagem e acompanhamento do processo.

Isso significa que são eles que desenvolvem as planilhas de custos, as possibilidades de propostas, verificam a regularidade fiscal das empresas (o que garante que elas sejam habilitadas ou não para fechar os contratos), as propostas técnicas, o cadastramento dos licitantes nas plataformas usadas para a realização da licitação (como o SICAF) e, principalmente, as cotações, valores de referência, parâmetros de valor do mercado, utilizando bancos de preços.

Além da pesquisa e análise dos editais, o primeiro passo para se participar das licitações, vemos que o analista também realiza todos os trâmites necessários para a competição. Mas sua função não para por aí!

Caso a sua empresa ganhe o processo de licitação, esse profissional ainda acompanha e realiza a manutenção dos contratos firmados com o governo.

Em resumo, estão dentre suas funções o estudo e avaliação dos editais de licitação, a preparação da documentação para a disputa, o acompanhamento do processo, de seus prazos e as condições estabelecidas para a concorrência. Dessa forma, para a boa realização dessas tarefas, o analista de Licitação deve conhecer os órgãos licitantes e a própria concorrência.

Esses são pontos chave para a montagem do processo e para a adequação às normas, condições e preços, de acordo com a modalidade de licitação concorrida. Se as licitações têm fama de ser um procedimento bastante burocrático, está aí o profissional que lida diretamente com ela, auxiliando em todas as suas fases e criando condições para que a empresa participe com chances reais de ganhar.

O Analista de Licitação e a possibilidade de estabilidade para sua empresa

Mesmo com a crise econômica desencadeada pela pandemia, a carreira de Analista de Licitação é uma das que mais cresce no país. Isso se deve ao fato de que o governo, mesmo com toda a crise política e econômica, precisa continuar comprando produtos, serviços e bens para manter a máquina pública em pleno funcionamento.

Um bom exemplo é o da área da saúde que, mesmo com a crise sanitária da pandemia da Covid-19, passou a demandar ainda mais insumos e equipamentos para a prevenção e o combate da doença.

Diante disso, vemos que estamos tratando de uma área de atuação profissional que não sente o impacto de crises econômicas. A estabilidade da profissão também está relacionada com a estabilidade gerada para as empresas que fornecem ao governo.

Do mesmo modo que essa profissão continua sendo demandada em períodos de crise, justamente porque o governo é um cliente que nunca para de comprar, as empresas também têm maior estabilidade quando fornecem a um comprador que se mantém regular, apesar das variações, crises e volatilidade do mercado. E essa é só uma das boas razões de vender para o governo!

Competências necessária para atuar na área

Como não há um curso de nível superior específico para formar esse profissional, as competências para desempenhar as funções de Analista de Licitação podem ser adquiridas de várias maneiras.

Possuir curso de nível superior é um diferencial, pois as empresas optam por contratar profissionais das áreas de administração, administração de empresas, direito, engenharia, contabilidade, entre outras. Isso porque os processos licitatórios, por apresentarem uma tramitação bastante burocrática, demandam competência jurídica e comercial, um bom conhecimento sobre a legislação pertinente aos processos licitatórios, e também conhecimento sobre administração pública, recursos públicos, contratos e rotinas administrativas.

O conhecimento da burocracia é uma das características mais importantes, já que ela atravessa todo o processo de licitação. Mas além disso, o conhecimento da legislação faz toda a diferença, principalmente porque nos últimos anos ela tem mudado. O principal motivo dessas transformações é modernizar e simplificar esses processos. O maior exemplo é a Nova Lei das Licitações, lançada em 2020 e que fez alterações importantes, inclusive nas modalidades de licitação.

A importância de investir em analistas qualificados para concorrer às licitações

Muito embora seja uma profissão em ascensão, que tem empregabilidade e que também oferece uma boa estabilidade e ótimos rendimentos, existem muitas vagas disponíveis, que permanecem longos períodos sem serem ocupadas. Isso ocorre porque a profissão de Analista de Licitação requer uma qualificação mínima, que não se dá de um dia para o outro, e sem a qual não é possível desempenhar as funções requeridas.

Os processos de licitação estão dentro do direito administrativo, sob normas jurídicas e legais, que exigem preparação mínima e conhecimentos sólidos sobre as normas. Essa formação é o que garante uma boa consultoria para as empresas, que faz a diferença não apenas para ganhar a licitação, mas para garantir que o contrato fechado seja rentável para a sua empresa.

Por exemplo, o Pregão Eletrônico, a modalidade mais conhecida de licitação, permite que o licitante faça lances ao longo do processo, sendo que vence o menor preço. Para isso, é muito importante que um levantamento adequado de valores tenha sido feito para que a empresa não abaixe mais do que pode. Além disso, é preciso ter estratégia, já que ficar em segundo lugar pode ser uma boa, porque muitas empresas não passam na habilitação, justamente por causa da falta de conformidade com as regularidades exigidas.

O COMPRASBR é uma plataforma confiável, que conta com os melhores profissionais qualificados no ramo para ajudar você a concorrer às licitações e desfrutar dos benefícios de vender ao governo.

Compartilhar:

Posts Relacionados

Banco de Preços

Banco de Preço: Como utilizá-lo para a montagem de uma licitação

Muito se ouve falar de banco de preço, porém muitos não entendem sua verdadeira função e importância. Confira tudo sobre o assunto. Cotação, valor de referência, parâmetro de valor do […]

14/09/2021

Fornecedor

Entenda a diferença entre Dispensa de Licitação e Inexigibilidade

Para quem está envolvido no mundo de licitações, esta é uma dúvida muito comum sobre a diferença de Dispensa de licitação e Inexigibilidade. Entenda a diferença E já começamos nosso […]

13/09/2021

Dicas

Analista de Licitação: Entenda o que é e quais são as suas funções

Você já ouviu falar na carreira de Analista de Licitação? Para vender ao governo é preciso concorrer com outras empresas em um processo chamado licitação. O Analista de licitação é, […]

28/07/2021