Atendimento 08h00 às 18h00 - Segunda a Sexta (Horário de Brasília)

(67) 3303-2730 | (67) 3303-2702

Licitações Privadas: onde encontrar e como participar

Fornecedor19/09/2022

Você sabia que existem licitações privadas? Ela existe e nós vamos explicar para você neste artigo completo.

Licitações e licitações privadas, você sabia que existia essa diferença? As licitações são processos bastante conhecidos, ao menos quando falamos em compras de bens e serviços pelos órgãos governamentais. Mas você sabia que muitas empresas privadas também utilizam esse modelo de contratação? Essa pode ser uma grande oportunidade de vendas para sua empresa. Entenda onde encontrar e como participar das licitações privadas.

Hospitais, faculdades e vários outros tipos de empresas privadas têm adotado as licitações como forma de adquirir toda sorte de produtos e de serviços indispensáveis aos seus funcionamentos.

Por um lado, as licitações privadas constituem um nicho de mercado em aberto, que traz inúmeros benefícios aos compradores e fornecedores, tais como redução de custos, oportunidade de crescimento e estabilidade. Por outro lado, esse processo ainda conta com a participação de poucas empresas, justamente porque elas não sabem como encontrar ou participar desse tipo de licitação.

Neste artigo você vai entender tudo sobre o assunto. Confira!

Afinal, o que é uma licitação privada?

As licitações são processos de contratação de bens e serviços regidos por normas específicas. Resumidamente, os interessados em fornecer o produto solicitado fazem suas propostas, que são analisadas pelos responsáveis e aquela que for mais vantajosa dentro das exigências estabelecidas vence a licitação.

Nas licitações públicas, ou seja, aquelas realizadas pelos órgãos governamentais – municipais, estaduais e federais -, o processo é obrigatoriamente regulado pela Nova Lei 14.133/2021, que substituiu a anterior, a fim de tornar o processo mais eficiente.

Já no caso das licitações privadas, realizadas, precisamente, por empresas privadas, o objetivo é o mesmo: contratar bens e serviços tendo em vista a proposta mais vantajosa. Porém, nas licitações privadas, os responsáveis pelo processo têm liberdade para criar as regras. Contudo, assim como nas licitações públicas, essas regras são pré-estabelecidas nos editais, de modo que as etapas, critérios, formas de concorrência e de análise das propostas são previamente conhecidos pelos concorrentes.

Como participar de uma licitação privada?

Como vimos, as regras de uma licitação privada são estabelecidas junto ao lançamento de um edital. Apesar disso, participar de qualquer licitação envolve alguns pontos-chave, que listamos para você.

1. Conheça o edital

A primeira dica para participar de uma licitação sempre é: conheça o edital com profundidade e entenda todas as regras e exigências nele estipuladas.

2. Organize a sua empresa internamente

Ainda que as regras e exigências de uma licitação variem em cada caso, alguns tipos de documentos podem ser recorrentes, como, por exemplo, aqueles que comprovam a regularidade jurídica e fiscal. Além disso, a empresa que for comprar um bem ou serviço pode, tal qual acontece em um licitação pública, exigir documentos comprobatórios de capacidade técnica envolvidos na produção do produto ou do serviço licitado. Dessa forma, o ponto é que quanto mais a empresa estiver internamente organizada mais fácil será participar de uma licitação, pública ou privada.

3. Organize a documentação de acordo com as fases da licitação

Uma licitação costuma acontecer a partir de diferentes fases. Em cada uma delas, exige-se diferentes documentações que podem validar ou desqualificar a empresa para concorrer ao processo e mesmo para fechar o contrato e finalizar o processo. Portanto, após conhecer o edital, organize toda a documentação de acordo com as fases do processo.

4. Análise da capacidade de fornecer a demanda

É fundamental que a empresa faça uma análise precisa e eficiente da sua capacidade de fornecer o bem ou serviço de acordo com a demanda sem que outras esferas de atuação no mercado sejam prejudicadas, que os prazos não possam ser cumpridos e que complicações contratuais aconteçam por um mau planejamento.

5. Análise do custo-benefício

Ainda que uma das modalidades mais usadas pelas empresas privadas seja a do Pregão Eletrônico, que funciona como um leilão, mas que, ao contrário deste, ganha quem propõe o menor preço, o valor não é tudo. É preciso analisar até que ponto é possível o preço sem prejudicar a balança do custo-benefício. Por isso, é importante alinhar os documentos exigidos com uma proposta real de preço.

Onde encontrar os editais de licitação privada?

Agora que você já sabe como participar e se preparar para uma licitação privada, resta uma dúvida: como encontrar os editais para participar das licitações privadas?

Essa pode não ser uma tarefa simples, haja vista que a divulgação dos editais não costuma ter muito alcance. Uma opção pouco vantajosa é mapear as empresas que realizam tais processos, por exemplo checando os seus sites continuamente e entrando em contato com os seus setores administrativos. Essa é uma opção pouco eficiente e cuja cobertura é bastante limitada.

Uma opção bem mais vantajosa, ágil e eficiente é usar uma plataforma como a da ComprasBr, onde você encontra e acessa os editais de licitações centralizados em um único lugar. Isso sem contar que a ComprasBr também possui uma equipe de experts para dar suporte aos usuários.

Os benefícios das licitações

Participar de licitações traz inúmeros benefícios. No caso das licitações privadas, vale ressaltar que se trata de um nicho de mercado que ainda é pouco explorado no Brasil, sendo um terreno de oportunidades.

Para além disso, um primeiro benefício é que vender ao governo ou às empresas por licitação propicia estabilidade para o negócio em meio às possíveis incertezas e crises do mercado. Essa estabilidade é, comumente, uma alavanca para o crescimento, já que cria uma maior margem para o planejamento dos próximos passos das empresas.

Mas os benefícios não param por aí. O edital já determina as exigências para a compra do bem ou serviço, de modo que aquelas empresas que querem fornecer não precisam investir massivamente em marketing e propaganda, o que reduz os custos mobilizados para vender o produto e necessidade de negociações constantes para manter as vendas.

Por fim, ressaltamos que os trâmites burocráticos para participar do processo podem acabar contribuindo para a saúde organizacional e para as práticas de gestão da empresa, melhorando o desempenho e a eficiência do seu funcionamento.

Quer saber mais?

Aqui você encontra mais conteúdos exclusivos. Conheça mais sobre a nossa plataforma ou converse com um de nossos atendentes, e saiba tudo o que você precisa saber para se organizar de maneira apropriada para ter sucesso em uma licitação!

Confira mais novidades do mercado

MEI pode participar de licitação?

MEI pode participar de licitação? Uma dúvida muito comum que vamos responder neste artigo para vocês. Confira na integra. Muitas […] […]

Fornecedor • 06/03/2023

Leia Mais
Por que o valor estimado na licitação é importante

Entenda o real motivo do valor estimado na licitação ser tão importante. Confira neste artigo completo que preparamos para vocês! […] […]

Fornecedor • 01/03/2023

Leia Mais
Como lidar com documentos vencidos em licitações?

Documentos vencidos em licitações: O que fazer quando você percebe no momento da licitação que os documentos estão vencidos A […] […]

Fornecedor • 06/02/2023

Leia Mais
Concorrência na Nova Lei de Licitações

Você já sabe tudo sobre concorrência na nova lei de licitações? Se não, confira este artigo que preparamos para você […] […]

Fornecedor • 04/11/2022

Leia Mais
Tudo sobre a Plataforma mais Brasil

Já ouviu falar da Plataforma mais Brasil? Neste artigo, você vai conhecer e entender tudo sobre essa ferramenta e a […] […]

Comprador/Ente Público • 04/10/2022

Leia Mais

Portal de Compras BR © 2023. Todos os direitos reservados.
O Compras BR é um produto da AZ Tecnologia em Gestão - AZ TECNOLOGIA EM GESTAO LTDA - CNPJ: 24.598.492/0001-27